Botafogo apenas empata com o cheirinho e vaga para a final fica para o Maraca comments

0 Flares 0 Flares ×

Captura de Tela 2017-08-17 às 03.58.38O JOGO

O cenário era o que o Botafogo conhecia esse ano: jogo grande, casa cheia, mata-mata, decisão. No Estádio Nilton Santos, a torcida do Botafogo compareceu em peso e fez uma recepção de gala ao time, com direito a Black Hell, mosaico “Não se compara”, escudo gigante e faixas.

Dentro de campo, um jogo equilibrado e parelho, de muita disputa no meio-de-campo. Os dois times marcaram batante, fecharam os espaços e não criaram chances claras. A primeira foi do Flamengo, em cabeçada de Rever que Gatito enxaicou. A resposta do Botafogo veio em cruzamento de Pimpão espalmado por Muralha e em chute de João Paulo por cima.

Aos 26, Bruno Silva fez lindo lance pela direita, entortou seu marcador e cruzou rasteiro, na direção do gol, Roger quase chegou e Muralha pegou. Pouco depois, o volante arriscou de voleio, para fora.

No fim do primeiro tempo, foi o Flamengo que quase marcou. Após bate-rebate, Berrio teve sobra na área e bateu para milagre de Gatito Fernández, mas a arbitragem já havia parado a jogada.

Na etapa final, o jogo ficou mais truncado e caiu de ritmo. Excesso de vontade, faltas mais fortes, marcação dura e poucas jogadas construídas deram a tônica. Na bola parada, o Flamengo parou no travessão, em cobrança de falta de Diego, aos 11.

O Botafogo reclamou de lance em que João Paulo dominou a bola entrando na área e foi derrubado, na sequência Roger impedido bateu por cima. O árbitro marcou apenas o impedimento. Já aos 30, Matheus Fernandes arriscou de longe e Muralha pegou.

Até que, aos 34, em uma confusão, Muralha e Carli foram expulsos por se desentenderem. Apesar de ainda haver muito tempo de jogo, pouco aconteceu. Terminou mesmo 0 a 0. Ficou para a volta!

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 FLAMENGO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de agosto de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Renda: R$ 747.825,00
Público: 26.575 pagantes / 28.757 presentes
Cartões amarelos: Rodrigo Lindoso, Joel Carli, Rodrigo Pimpão e Matheus Fernandes (Botafogo); Diego (Flamengo)
Cartões vermelhos: Joel Carli (Botafogo) e Alex Muralha (Flamengo)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Luis Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes (Gilson) e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Marcelo)
Técnico: Jair Ventura

FLAMENGO: Alex Muralha, Rodinei, Rever, Juan e Renê; Willian Arão, Cuéllar, Diego e Everton (Vinícius Júnior) (Thiago); Orlando Berrío (Márcio Araújo) e Felipe Vizeu
Técnico: Reinaldo Rueda

Fonte: Site oficial do Botafogo (texto) e ESPN.com.br (ficha)

Comentários

Comentários